Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

Pratos foram degustados e avaliados por uma banca de especialistas
ASN MS 21/06/22 às 16:00 Atualização 22/06/22 às 09:28
Compartilhe
ASN MS 21/06/22 às 16:00 Atualização 22/06/22 às 09:28
Compartilhe

Fase final da competição promovida pelo Sebrae/MS, por meio do programa Cidade Empreendedora, será nesta sexta-feira (24), em Campo Grande

Você já parou para pensar na importância de oferecer uma alimentação de qualidade nas escolas? As merendeiras, que preparam as refeições diariamente para os estudantes, têm um papel fundamental na construção de receitas mais saudáveis e que contemplem o uso de alimentos da agricultura familiar, auxiliando na saúde e crescimento das crianças.

Com a proposta de valorizar o trabalho desses profissionais em Mato Grosso do Sul, o Sebrae/MS promove o 1º Desafio Estadual das Merendeiras que já está na última etapa – a grande final será realizada, em parceria com o Sistema Fecomércio, por meio do Senac, nesta sexta-feira (24), em Campo Grande. A competição envolve participantes de 20 municípios do Estado, integrantes do programa Cidade Empreendedora, que é executado em conjunto com as Prefeituras Municipais, e, dois deles, são da Região Central de Mato Grosso do Sul. As merendeiras finalistas representam os municípios de Nova Alvorada do Sul e Terenos.

Para participar da disputa, cada profissional teve que criar uma receita com os critérios exigidos pelo edital: não foi permitido o uso de alimentos ultraprocessados, além disso, foi preciso utilizar a carne bovina ou de frango como proteína principal e incluir, no mínimo, três itens produzidos pela agricultura familiar. O prato criado por cada uma garantiu o primeiro lugar na etapa municipal realizada nas cidades e, agora, serão apresentados a um novo comitê avaliador na etapa estadual. Serão cinco avaliadores, entre eles, Rafa Gomes – chefe campeão da edição de 2018 do programa MasterChef, transmitido pela Band; juntamente com chefes destaques em Mato Grosso do Sul, como Arthur Coelho e Marcílio Galeano.

A final será realizada em dois momentos: pela manhã, no prédio Senac Turismo e Gastronomia, os participantes preparam as receitas e as apresentam aos jurados. Já a cerimônia de premiação terá início, às 19h, na sede do Sebrae, em Campo Grande, com transmissão, ao vivo, pelo Youtube.

Conheça as merendeiras da Região Central que disputam a final:

Nova Alvorada do Sul – Gardilene Mota dos Santos é merendeira há 19 anos, no município de Nova Alvorada do Sul e foi vencedora da etapa municipal com a receita “Lasanha de berinjela com carne moída, salada mix de folhas e farofa de feijão de corda”. O prato surgiu a partir de um teste feito para que a beringela se tornasse mais atrativa para os estudantes: “Eles não aceitavam o alimento muito bem e, como adoram lasanha, resolvemos fazer a receita que leva também carne moída”. Participar do desafio, possibilitou que a merendeira resgatasse a autoestima e buscasse novos caminhos para o futuro. “Meu sonho é cursar gastronomia, mas nunca tive a oportunidade e a competição reavivou este grande sonho em mim, além de fazer com que eu me sentisse muito valorizada”, expôs.

Terenos – A receita “Gratinado de purê de batata com carne moída e legumes” foi o prato que garantiu para Adriane Andréia de Oliveira o primeiro lugar na etapa municipal do Desafio em Terenos. Merendeira há 14 anos, ela conta que a receita vencedora foi criada a partir do que já é oferecido para os estudantes: “Na escola já era servido o purê de batata com carne moída, então, tive a ideia de incrementar o prato com legumes e realçar sabor com molho branco, o que deu bastante certo”. Orgulhosa de ter se destacado no município, ela ressalta a gratidão que possui por estar concorrendo à final. “Sou grata a Deus por chegar até aqui, desempenhando a minha função com amor e dando muito sabor no que faço”, comentou.

Para obter mais informações sobre o Desafio das Merendeiras, acesse o site do programa Cidade Empreendedora ou ligue para 0800 570 0800.

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF

Notícias relacionadas